A gravidez e o exercício físico

Atualmente, cada vez mais, as grávidas têm maior consciência dos benefícios que a atividade física promove durante a gravidez. Nesse sentido, são cada vez mais as grávidas, a procurar ajuda especializada para as orientarem nos seus programas de exercício, de forma a que a pratica de atividade física, seja o mais seguro possível para Si e para o seu bebé.

 

Se é verdade que não existem exercícios padrão para as grávidas, é muito importante saber, que durante a gravidez o corpo vai sofrendo muitas alterações hormonais, físicas e psíquicas e que não há duas grávidas iguais. Apesar de haver um consenso na literatura científica, de que a utilização de exercícios de intensidade moderada durante a gravidez proporciona inúmeros benefícios na saúde da mulher, há algumas mulheres, que toleram muito bem exercícios de maior intensidade dependendo em muito, da experiência e das atividades praticadas antes da gravidez.

 

Com a prática correta de atividade física durante a gravidez, a mulher conseguirá mais facilmente, controlar o seu peso, manter a sua condição física, melhorar o seu estado de humor e manter-se emocionalmente mais estável. A gravidez não deve ser um estado que “isole” as mulheres. As mulheres com uma gravidez normal, devem praticar atividade física. No entanto, todas as mulheres grávidas ativas ou não, deverão ser sempre acompanhadas, periodicamente pelos seus médicos, que caso seja necessário, as aconselharão sobre possíveis restrições, que possam ocorrer nos seus planos de exercícios.

 

O exercício durante a gravidez, se bem realizado melhora a condição cardiorrespiratória, proporcionando um coração e uns pulmões mais fortes, bem como uma circulação de oxigénio mais eficiente, para as mães e para o bebé.

 

De acordo com o ACSM deixo-lhe, algumas das contraindicações absolutas para o exercício físico durante a gravidez:

 

  • Doença do miocárdio descompensada;
  • Insuficiência cardíaca congestiva;
  • Tromboflebite;
  • Embolia pulmonar recente;
  • Doença infeciosa aguda;
  • Risco de parto prematuro;
  • Sangramento uterino;
  • Iso imunização grave;
  • Doença hipertensiva descompensada;

Suspeita de stress fetal…

Pedro Miranda

Personal Trainer

Personal Trainer, cofundador da Koobby.

Entre no clube Mini Style e seja a primeira a receber informação e descontos exclusivos.

Não mostrar esta mensagem novamente
BREVEMENTE

Entre no clube Mini Style e seja a primeira a receber informação e descontos exclusivos.